Ultimas

Tony Khan diz que ninguém na AEW têm controlo criativo

                                   


Durante uma recente Media call da AEW para promover o All Out, Tony Khan afirmou que, embora os lutadores da sua empresa tenham contribuições criativas, nenhuma pessoa na lista tem controlo criativo. Isso inclui o CM Punk que assinou recentemente.



“Nenhuma pessoa, incluindo o Sr.Punk e todos na lista, têm controlo criativo. Não é como a WCW e esse é um dos problemas da WCW. Quando você tem uma pessoa que têm controlo criativo no seu contrato, isso pode atrasar o show. Não sei como você consegue fazer isso na TV", disse Khan.



Khan continuou a dizer, no entanto, que incentiva os lutadores a vir falar com ele se algo que eles estão a ser solicitados a fazer não fizer sentido.



"Eu já disse (Punk) se algum dia eu pedir a você para fazer algo que não faça sentido, que não vêm de  um lugar malicioso, se algo não fizer sentido, diga-me e vamos conversar sobre isso. Geralmente é assim que sou com todos", continuou Khan.



"Só porque ninguém tèm o direito contratual de me dizer 'você não me pode obrigar a fazer isto, você não me pode colocar naquele combate', não significa que eu quero colocar as pessoas em más situações  ou que quero fazer coisas que não faz sentido para eles, para as suas carreiras ou para os fãs", explicou Khan.





Lutadores falam sobre a liberdade criativa da AEW


Embora o controlo criativo não seja algo que ninguém na AEW tenha em seu contrato, muitos no plantel falaram sobre a liberdade criativa de que eles desfrutam.



"É muito bom estar num lugar onde a minha mente criativa pode ser utilizada ou parada, controlada e estar presente em coisas que sei que não vão funcionar", disse Malakai Black no Twitch no início deste verão.



Ethan Page também falou sobre a liberdade criativa na AEW durante uma entrevista com Chris Van Vliet.



"É incrível, estar agora na AEW, a liberdade criativa e eu acho que eles dão confiança ao seu talento para deixá-los fazer o que querem", disse Ethan Page.



O apresentador de ringue, Justin Roberts, também comentou sobre a liberdade criativa que lhe deram na AEW.



"Se existe uma escala de liberdade criativa e existe uma de 1 a 10, acho que estou nos 100, desde o primeiro dia, é apenas uma daquelas coisas em que nunca recebi um guião, ou nunca foi dito o que dizer sobre qualquer assunto, desde o primeiro show", disse ele no podcast AEW Unrestricted.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.