Ultimas

Ivelisse acusa Thunder Rosa de difamação e revela: "Sabotou a minha carreira lá, e nada foi feito"


Ivelisse entrou recentemente na História da AEW, e pelas piores razões. A wrestler portorriquenha foi uma das muito poucas wrestlers que foi dispensada da empresa na sua curta existência, numa lista onde também consta o nome de Bea Priestley, uma das primeiras contratações da All Elite Wrestling para a sua Women's Division. 

É dito que Ivelisse tinha vários problemas com os treinadores da AEW, mas a portorriquenha vai ainda mais longe nessa história. Num depoimento feito ao Fightful Select, Ivelisse critica fortemente Thunder Rosa e acusa a wrestler mexicana de difamação e de sabotagem da sua carreira na empresa. Para melhor ilustrar o seu ponto de vista, a agora ex-wrestler da AEW chega a fazer menção aos problemas que Rosa teve durante os quatro anos que passou na Lucha Underground, entre 2015 e 2019.

"Eu falei sobre maus-tratos por parte de um treinador [da AEW], inclusive com outras colegas. Havia testemunhas e, no fim, fui eu a ser suspensa e a ficar num limbo e a só agora ser dispensada, e nada foi feito sobre o facto da [Thunder Rosa] ter difamado o meu nome aos responsáveis da AEW durante todo este tempo. Ela sabotou a minha carreira, e nada foi feito. Eu fiquei calada, mas a verdade é que a [Thunder Rosa] também tem uma história de envolvimento com responsáveis para avançar [na carreira], o que deu origem a um processo e tudo mais lá [na Lucha Underground].

Se a história da demissão de Ivelisse já vinha acompanhada de um certo grau de polémica, as acusações da portorriquenha em relação a Thunder Rosa vêm tornar este triste caso ainda mais intrigante. Ivelisse aponta o dedo à wrestler mexicana, mas a confirmarem-se as acusações de que Rosa é alvo, será a NWA a averiguar os factos, já que Thunder Rosa está sob contrato com a companhia e apenas aparece na AEW fruto da parceria entre ambas as empresas.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.