Ultimas

Chris Jericho doa 2.500 $ a família de condutor Uber Eats assassinado


Na noite de terça feira Mohammad Anwar foi morto em Washington quando duas raparigas, de 13 e 15 anos, tentaram roubar o carro de Anwar, armadas com um taser.

Na filmagem pode-se ver Anwar a gritar 'Este é o meu carro!' enquanto que as assaltantes arrancavam, com Anwar agarrado à porta. A tentativa de carjacking não correu bem, já que tiveram um acidente no final da rua, vitimando Anwar, que é visto deitado no chão sem reacção.

(AVISO: O VÍDEO PODE FERIR SUSCEPTIBILIDADES)


Uma conta de Go Fund Me foi criada e Chris Jericho deu um grande contributo, ao doar 2.500 $ da sua conta, numa iniciativa que já conta com quase 1 milhão de dólares, em que o objetivo era 100.000$.



Numa entrevista ao TMZ, Jericho disse:
"Só a sensação de terror que que ele deve ter tido ao estar meio de fora do carro à medida que os ladrões ... meras crianças ... arrancaram a todo o gás. Algo de um filme de terror.
Acho que a situação foi terrível e emocionou-me muito.
Não é muito, mas é o que posso fazer para tentar trazer um pouco de luz a esta situação negra."

 Não é a primeira vez que Jericho doa do seu dinheiro para causas, já que ele e Nick Jackson doaram dinheiro para ajudar um lutador que partiu ambas as pernas no início de um combate, num vídeo que ficou viral.

Já as assaltantes foram detidas e enfrentam agora várias acusações.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.