Ultimas

Antigo wrestler da WCW fala de Chris Benoit como sendo "um anjo"


O dia 24 de Junho de 2007 ficará para sempre marcado na história do wrestling pelas piores razões possíveis, pois foi nesse dia que o ex-World Heavyweight Champion assassinou a mulher e o filho e pôs termo à própria vida, num crime com contornos por demais macabros e para o qual ainda hoje se desconhecem as verdadeiras motivações. 

A forma trágica e violenta como o Rabid Wolverine pôs termo à vida e à carreira levaram a WWE a apagar todas as suas conquistas dos arquivos, e a partir desse dia o assunto tornou-se um tabu, passando o nome de Benoit a estar praticamente proibido de ser mencionado em eventos públicos da companhia (embora isso nem sempre aconteça, muitas vezes por puro esquecimento).

O antigo wrestler da WCW Ice Train participou num Q&A da UnSKripted Live e evocou a memória do falecido, descrevendo-o como "um anjo" e lamentando tudo o que aconteceu há 13 anos.

"Meu, eu compreendo o que aconteceu, mas volto a dizer: Eu adoro o Chris Benoit. Eu lamento o esgotamento ou o que quer que tenha acontecido, mas o gajo que eu conheci era simplesmente um anjo. Não faço ideia do que aconteceu, mas sinto-me mal pelas três partes - pela criança, pela esposa e pelas famílias. O Chris Benoit que eu conheci era um gajo espetacular. Eu não sei o que aconteceu nessa noite e só posso expressar a dor e tristeza de todos os membros da família do pro wrestling".



Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.