Ultimas

Paul Wight revela quanto tempo demorou a tomar a decisão de assinar pela AEW


Foi uma das contratações que mais surpreendeu o mundo do wrestling, e é justo dizer que muitos fãs ainda estão a digerir o seu impacto e a procurar explicações para tal decisão: No final do passado mês de Fevereiro, Big Show trocou a WWE pela AEW e passou a assinar pelo seu nome verdadeiro, Paul Wight, pondo assim fim a um período de 21 anos com a WWE. 

Paul Wight foi o mais recente convidado das Oral Sessions com Renee Paquette, e explicou as motivações que o levaram a trocar a WWE pela sua principal concorrente, depois de duas décadas ao serviço da empresa, bem como quanto tempo levou a tomar tal decisão.

"Foi uma decisão muito rápida que foi feita num período de 48 horas. Acho que o que me levou a trocar a WWE pela AEW foi só frustração, criativamente falando. Eu tinha andado para trás e para a frente com o Paul Heyman, o Bruce Prichard e o Vince [McMahon], sabes? Eu tive alguns problemas médicos há um par de anos, onde estive a contas com uma lesão na anca, e tu sabes como funcionam as coisas por lá, ficas um bocadinho fora de ritmo".

"É muito difícil para eles voltarem a dar-te destaque, não importa quanto talento tenhas ou o que tens para oferecer. E era frustrante para mim porque eu estava a fazer dinheiro [mesmo não tendo esse destaque]. Eu enfrentei o Drew [McIntyre] uma vez depois da Wrestlemania, fiz um par de aparições onde fui parceiro do Kevin Owens e do Samoa Joe mas depois tudo passou e fiquei tipo, "preciso de algo mais do que isto, Vince".

"Eu nunca fui gajo de me "sentar no banco de suplentes", sabes? Eu não vou receber dinheiro para ficar em casa e estar feliz da vida como uma princesinha, isso não sou eu. Eu gosto de trabalhar para ter o meu dinheiro, gosto de o ganhar. Eu acho que estive 18 anos seguidos sem falhar uma tour na WWE, fosse na Primavera ou fosse no Outono".



Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.