Ultimas

Há dez anos, perdíamos Eddie Guerrero


Em 15 de Novembro de 2005, falecia Eddie Guerrero (nome real, Eduardo Gory Guerrero Llanes).

Eddie começou sua carreira na AAA, fazendo equipa com El Hijo de El Santo, uma nova formação de uma equipa formada por seu pai, Gory Guerrero, e o lendário luchador El Santo.
Depois ele lutou na New Japan Pro Wrestling (como o segundo Black Tiger), ECW, WCW e, finalmente, na WWE.

Eddie estreou na WWE interferindo, ao lado de seus amigos, os The Radicalz (grupo formado por ele, Dean Malenko, Chris Benoit e Perry Saturn), em uma luta entre os New Age Outlaws e Al Snow e Steve Blackman.

Eddie chegou a se tornar WWE champion, contra Brock Lesnar no No Way Out, em 2004. Eddie reteve o título contra Kurt Angle no PPV seguinte, a WrestleMania XX.

A última luta de Eddie foi contra Mr.Kennedy no Smackdown. A luta era classificatória para definir quem iria fazer parte da equipa Smackdown para o Survivor Series, em 27 de Novembro. Infelizmente, Eddie foi encontrado morto em seu quarto de hotel horas antes da transmissão do Monday Night RAW, que foi completamente modificado para um show tributo em sua homenagem. A causa da morte foi falência cardíaca, devido à uma arteriosclerose cardiovascular não diagnosticada. Eddie havia passado por tratamentos de desintoxicação e estava limpo e sóbrio a, pelo menos, quatro anos. Eddie era cotado para ser o novo World Heavyweight Champion, já que Batista, o campeão naquela época, iria passar por uma cirurgia.

Assistam a última luta daquele que mentia, trapaceava e roubava, e que roubou o coração de muitos fãs de wrestling:


Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.