Ultimas

The Rock detestava o seu nome de ringue "Rocky Maivia"



Uma das perguntas feitas ao The Rock foi "Porque é que chamam a  Dwayne Johnson The Rock?" e ele respondeu à pergunta dizendo: "A história do nascimento de "The Rock", foi antes de fazer o que faço agora,  há muito tempo atrás, eu costumava atirar homens com cerca de 136 Kg, para viver e levei muita porrada. E então o meu nome original de luta livre era ‘Rocky Maivia’, que era uma combinação do primeiro nome do meu pai e o apelido do meu avô, porque ambos eram lutadores profissionais. Por isso, o meu nome tornou-se no "Rocky Maivia" e quando foi lançado para mim por Vince McMahon, ele disse: ‘Eu sei qual vai ser o teu nome e quero que seja Rocky Maivia. Agora, o que é que tu achas? 


The Rock repetiu que odiava o nome que lhe foi dado, mas tinha que aceitar e fazer o seu trabalho. A razão pela qual ele afirmou a sua empatia por Rocky Maivia, é que ele queria ter a sua própria identidade e não queria ter uma carreira baseada apenas na sua descendência. Ele, no entanto, reconheceu que esse nome foi o que levou a ter uma rampa de lançamento na indústria.


"E como nós, ele conhece-me agora, e é assim que eu falo. Eu digo, eu odeio isso. E eu odiei o nome. Eu odiei esse nome, continuou The Rock. “Eu odiei porque a descendência que eu tinha deu-me a oportunidade de pelo menos bater à porta. Eu queria a minha própria identidade, queria o meu próprio espaço. Eu estou muito orgulhoso de vir de onde vim, com o meu pai e avô. E toda a minha família está no wrestling. mas ainda assim eu queria o meu próprio espaço. E eu disse, eu odeio isto. E ele disse: 'Tudo bem. Ótimo, bem, este é o teu nome. E eu disse ok. Depois eu concordei com esta ideia e assim o fiz."


“E aquele nome não colou. E, eventualmente, quando me tornei num vilão, fui trocado para ‘The Rock’. E uma pessoa, que era a minha figura paterna e eu falei contigo (Emily Blunt) muitas vezes sobre ele, Pat Patterson. Foi um mentor que eu tive no pro wrestling. Eu perdi o Pat no ano passado e perdi o meu pai na mesma altura, perdi o meu pai e a minha figura paterna no mesmo ano. E ele disse: ‘E se te chamarmos de The Rock?’ Ele é um rapaz francês, com um forte sotaque francês. E eu disse que adoro! E ele disse, ok, tu és o "The Rock". E assim foi. ”



Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.