Ultimas

Ex-wrestler da WWE anuncia o fim da carreira: "Obrigado a todos os fãs que me apoiaram"


wrestlers que, quando acabam a carreira, olham para trás e percebem que ao fim de 20, 25 anos no ringue, construíram um currículo de sucesso e respeito, que lhes dá o estatuto de "melhores de sempre", embora isso seja sempre subjetivo e sujeito às opiniões, sempre diferentes, dos vários fãs de wrestling.

Por outro lado, existem outros que estão destinados a ter sucesso, mas que por qualquer razão (física ou pessoal) acabam por não corresponder ao esperado e a passar despercebidos, quer pela WWE, quer pelas indies.

Um desses casos é o de Kenny Dykstra (aka Kenny Doane, que passou pela WWE entre 2006 e 2008), que anunciou no Twitter que vai dar por terminada a sua carreira no pro wrestling aos 35 anos. Dykstra disse que pensava retirar-se aos 40 anos, mas que "investimentos inteligentes feitos ao longo dos anos" permitiram-lhe fechar esse capítulo mais cedo.

"Eu decidi retirar-me do wrestling. Quando comecei aos 13 anos pensava retirar-me com 40, mas investimentos inteligentes feitos ao longo dos anos permitiram-me fazê-lo agora. Estou no meu auge, e esse [auge] vai ter foco na minha família e na minha experiência como pai. Obrigado a todos os fãs que me apoiaram" - Escreve.



Kenny Dykstra ficou conhecido por ter sido membro dos Spirit Squad durante a sua passagem pela WWE, ao lado de Johnny, Mikey (aka Mike Mondo), Mitch e Nicky (aka Dolph Ziggler). Como parte dessa stable, Kenny foi ainda World Tag Team Champion, tendo sido esse o único título que ganhou na empresa. O agora ex-wrestler reencontrou-se ainda com Mike Mondo, com quem formou dupla na MLW em 2019.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.